Postado dia 05/07/2014 às 17h54 - Atualizado em 15/09/2014 às 19h46

A Maria do Bastinho

None

Batizada Maria Engrácia Nascimento, ela se tornou uma líder nas comunidades de São João Batista e Bom Jesus do Morro do Ouro, em Armação de Itapocorói. Maria começou como catequista depois zeladora do Apostolado da Oração, integrante do Coral Laci Simão Corrêa, equipe de liturgia, Legionária de Maria, benfeitora de seminaristas e tudo o mais que contribuísse para o crescimento espiritual e religioso, especialmente sendo Ministra Extraordinária da Eucaristia.


Maria é natural do bairro Gravatá, mas passou a residir em Armação quando se casou com Sebastião João de Souza, o popular Bastinho com quem teve três filhos e duas filhas: Senem, Sileide, Sirlene, João e Sílvio. 13 é o número de netos: Engraciane, Iasmine, Alexandra, Sebastião, Cristian, Nerito, Sílvia, Fernando, Clara, Felipe, Gabriel, Giovana e Maria Isabela.


Incansável e dedicada no ensinamento religioso, fez vários cursos bíblicos ministrando catequese durante 34 anos. Sua vida é inteiramente dedicada à Igreja. Tinha 17 anos quando casou em 1963, sendo a segunda esposa de Seu Bastinho. Ficou viúva em 2001. Ela é filha de Engrácia Cardoso e Alvim Luiz Nascimento naturais de Gravatá, município de Penha.


O trabalho de Maria Engrácia é louvável e digno de honrosas menções. Este artigo é uma homenagem também pelo Dia das Mães.


Parabéns Dona Maria!


Quando elaboramos esse artigo, procuramos não falar do estado de saúde de Dona Maria, acometido por fortes crises devido ao excesso de glicose em seu organismo. Caso que foi se agravando e aos poucos lhe tirando a visão. Lamentavelmente, na noite do dia 27 para 28 de junho véspera de São Pedro tivemos a lamentável notícia de sua morte. No dia do padroeiro dos Pescadores Dona Maria foi levada para o repouso eterno no cemitério de São João Batista em Armação de Itapocorói. Aos familiares nossas sinceras condolências.