Postado dia 06/10/2014 às 07h55 - Atualizado em 06/10/2014 às 07h56

Revelando A Caixinha De Surpresas

Se o campeonato tivesse terminado neste dia 25 de setembro, o Estado de Santa Catarina teria quatro representantes na elite do futebol brasileiro: Figueirense, Chapecoense, Avaí e Joinville.

Mas se a caixinha de surpresas de fato se revelar de todo há possibilidade de passar para cinco representantes, o que corresponderia a 25 por cento de participação entre os vinte clubes da primeira divisão.

Seria algo inusitado e fantástico, jamais visto ou imaginado que isso viesse a acontecer. Bastaria, portanto, que o Criciúma deixasse a zona de rebaixamento e se mantivesse entre os dezesseis primeiros. Torcemos para que o técnico Gilmar Dal Pozzo reverta essa má fase do time e coloque o ‘Tigre’ junto aos quatro conterrâneos...

Quem assistiu ao último jogo Figueirense e Corinthians, não pode duvidar dessa possibilidade. É aí que se diz que o futebol é uma caixinha de surpresa, comparando com o jogo dos dois na inauguração do Itaquerão...

Sobretudo, o futebol, especialmente, promove a cidade de origem... Observamos o quanto Chapecó aparece no cenário nacional pela sua Arena Condá... Criciúma da mesma forma pelo Heriberto Hülse... Os times da Capital, numa sadia rivalidade entre Ilha e Continente elevam o nome de Florianópolis para o Brasil e para o mundo. Joinville é outro exemplo de progresso. Já em 1980, eu com meus filhos João e Pedro assistimos, no Morumbi, Corinthians e João Inville (curiosamente assim estava escrito no bilhete de ingresso). O primeiro tempo terminou com 2 x 1 para o Joinville, mas o Corinthians virou o jogo ganhando de 3 x 2.

Taí, pois, a expectativa de ter cinco times catarinenses disputando o Campeonato Brasileiro da primeira divisão em 2015. Se isso vier a ser realidade, podemos ter a certeza que se tornará ainda maior a nossa atração turística.