Postado dia 27/09/2015 às 11h54 - Atualizado em 11/10/2015 às 11h57

Com a pulga atrás da orelha

Um aluno me perguntou, durante a semana, a origem da expressão “Com uma pulga atrás da orelha!” Na realidade, a expressão citada significa desconfiança. Contudo, onde e quando surgiu a ideia de que uma pulga representa preocupação?


A pulga é um inseto sem asas da ordem Siphonaptera. A pulga é capaz de pular a uma distância até 100 vezes mais que o tamanho do próprio corpo. Seria praticamente a mesma coisa que um ser humano saltar uma distância de um campo oficial de futebol. A pulga depende de um hospedeiro para morar e se alimentar. Mas não são somente animais como cachorros e gatos que sofreram ou sofrem com as pulgas... O ser humano já penou muito com esse animalzinho que suga sangue e mede até 5 cm... Até meados do século 20 as epidemias de pulgas eram bastante comuns. A mais importante doença transmitida pelas pulgas foi a peste bubônica. Tal peste, também chamada de peste negra, assolou a Europa durante o século 14, matando aproximadamente 75 milhares de pessoas. Além das pulgas, os ratos também transmitiam a doença, já que a Igreja Católica, com a Inquisição, perseguiu bruxas e feiticeiros, matando na fogueira milhares de gatos (predadores dos ratos). Nesse sentido, os ratos tiveram junto às pulgas a culpa pela proliferação da peste. Não menos trágicos foram as perseguições que judeus e leprosos sofreram... Acusados de serem os proliferadores da peste bubônica, judeus e leprosos pagaram pelos efeitos causados pela pandemia que ratos e pulgas eram responsáveis... Mas nem só de doenças é a história da pulga! Elas foram e, ainda são, usadas em circos... Isso mesmo! O Circo de Pulgas Cardoso, sediado em San Francisco, nos EUA, é um exemplo disso! Apesar de ser impossível ensinar o ofício às pulgas, umas jogadas ilusionistas nos faz pensar que são excelentes artistas. As pulgas dão, inclusive, nome aos cinemas com pouco requinte... Afinal, quem nunca escutou que determinado cinema é um verdadeiro pulgueiro? São aqueles cinemas antigos que possuem lustres enormes na entrada, cadeiras de madeira, bombonières com guloseimas baratas e banheiros mal conservados.


Transmissoras de doenças, excelentes atletas, artista de picadeiro, presentes em cinemas ou não, o certo é que quem tem uma preocupação sempre terá uma pulga atrás da orelha. Ainda que imaginária, uma única pulga pode incomodar bastante gente...