Postado dia 25/10/2015 às 16h31 - Atualizado em 25/10/2015 às 16h36

De volta para o Futuro II

Quem assistiu os diversos sucessos do cinema dos anos 80, geralmente transmitidos pela Rede Globo na Tela Quente, com certeza, se entusiasmou com a trilogia “De Volta para o Futuro”. Lembro muito o quanto desejei ter uma jaqueta igual a do Marty McFly, personagem interpretado por Michael J. Fox. Mas a parte da cinessérie que entrou em pauta durante a semana foi II, no qual Marty e Doc Brown partem do ano de 1985 diretamente para 21h29min de 21 de outubro de 2015.

Assistir “De Volta para o Futuro II” na década de 80 foi algo que instigou a fantasia de muitos; assistir hoje, nem tanto. Pudera, vivemos em contato com muito do que foi mostrado no filme. Não há tantas surpresas como tinha na década de 80!

O filme projetou o aparecimento de aparelhos com comando de voz (estilo aos atuais smart TVs da Samsung e Sony), óculos de visão pessoal (semelhante ao atual Google Glass), câmeras digitais bem fininhas, monitores de tela plana, videoconferências, biometrias, tablets, drones, visualização simultânea de diversos canais na TV, leitor de cartão de crédito no celular e cinema 3D.

Outras invenções chegaram próximas da realidade, como a esfoliação de pele feita pelo Doc Brown em uma clínica de rejuvenescimento e a utilização de robôs no lugar de frentistas nos postos de gasolina...

Contudo, algumas passaram longe de existir... No ano visitado por Marty e Doc não precisaríamos de estradas (os carros voariam), as placas de carro teriam códigos de barras, usaríamos fornos controlados por computadores aumentando o tamanho de pizzas, roupas se secariam no corpo, coleiras eletrônicas levariam cachorros para passear, lixo seria combustível e os skates voariam...

Entretanto, a Nike decidiu lançar no último dia 21 de outubro o tipo de tênis usado por Marty no filme. Lembram-se daquele tênis em que os cadarços se ajustam sozinhos? Pois é, serão lançados em breve.