Postado dia 11/10/2015 às 11h13 - Atualizado em 25/10/2015 às 16h59

O Dia das Crianças, Nossa Senhora ou do Comércio

O dia 12 de outubro se aproxima. Com a data, o hábito de comprar presentes para as crianças é reforçado. Quem inventou a ideia de venda de brinquedos no feriado nacional? Foi uma invenção do comércio? E por qual razão também é Dia da Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil?

Ao que parece, existem encontros e desencontros para o surgimento da comemoração do Dia 12 de Outubro. Precisaremos relembrar que o genovês Cristóvão Colombo tentou chegar às Índias pelo Ocidente. Na ocasião, encontrou na manhã de 12 de outubro de 1492 terras “desconhecidas” pelos europeus, batizando-as, informalmente, de “continentes crianças”. Cristóvão teria falecido sem saber que os “continentes crianças” seria a conhecida América. Contudo, o deputado federal Galdino do Valle Filho, em 1924, teve a ideia de criar o Dia das Crianças na data da descoberta dos “continentes crianças”. E foi o então presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867/24, que sancionou a data comemorativa. A data já estava esquecida quando a empresa Estrela decidiu fazer uma campanha com a Johnson & Johnson, em 12 de outubro de 1960, para vender uma boneca chamada “Bebê Robusto”. Virou tradição comprar presentes na data, em especial, os da Estrela (que fazia muita publicidade de seus brinquedos). Para tornar a data mais especial, em razão da visita do Papa João Paulo II ao Brasil, o Presidente da República, General João Batista Figueiredo, promulgou a Lei n. 6.802/80, instituindo feriado nacional. O dia 12 de outubro passou a ser oficialmente feriado nacional, não pelo Dia das Crianças, mas pelo dia de culto a Nossa Senhora Aparecida. O presidente teria escolhido a data em alusão a “descoberta” de Cristóvão Colombo.

Entretanto, em muitos lugares do planeta, o Dia das Crianças é comemorado em 20 de Novembro, data oficial que a ONU estipulou para lembrarmos-nos da Declaração dos Direitos das Crianças. Se pensarmos exatamente na criança, faz muito mais sentido comemorar o Dia 20 de Novembro ao invés do dia 12.