Postado dia 09/04/2014 às 20h34 - Atualizado em 15/09/2014 às 19h46

O fim do Bigode

None

Ao escutar a música “Tu Tá Maluco? Respeita o Moço!” da funkeira MC Marcelly, refleti um pouco sobre a origem do bigode. Afinal, quem teve a ideia de preservar os pelos que ficam entre o nariz e o lábio superior? Quais são os bigodudos mais conhecidos pelo povo?


Lembrei-me do Sarney, Hitler, Fred Mercury e do vascaíno Valdir Bigode... Mas para minha surpresa, descobri inúmeras versões sobre a origem do bigode. Há quem diga que a palavra bigode vem da expressão “bei Gott” (por Deus) muito usada na Idade Média pelos bárbaros (provavelmente os visigodos) quando invadiram a Península Ibérica. A expressão faria parte de um juramento... O homem segurava o bigode e dizia: ‘bei Gott’, (por Deus) como juramento de honra. Já o historiador austríaco Egon Friedell dizia que a palavra “bigoth” tem a mesma raiz que “visigoth” (visigodo). Os godos eram de tribos guerreiras e nômades que saquearam bastante o Império Romano. Além dos visigodos (godos do leste), existiam também os ostrogodos (godos do oeste). Contudo, foram os visigodos que invadiram e reinaram por muito tempo (400 d.C a 711 d.C) onde hoje é Portugal e Espanha. Na Língua Espanhola o som inicial de “v” geralmente tem o som de “b”. Nesse sentido, para o historiador Egon, é provável que os espanhóis chamassem os “visigoth” de “bigoth” dando origem a palavra “bigode” da Língua Portuguesa. O Rei godo chamado Theodoric possuía um famoso bigode, por sinal.


Entretanto, a palavra da Língua Inglesa “Bigotry” significa preconceituoso, intolerante com ideias diferentes das suas. Sentido bem diferente do espanhol. Porém, há muitas insinuações de que os visigodos eram extremamente intolerantes com quem eram diferentes e não aceitavam muito discutir ideias. Vá saber!


Mas o certo é que o bigode faz parte do visual de muita gente, sem ostentar respeito algum algumas vezes. Contudo, ainda é, para maioria, ostentação de respeito, poder e experiência.