Postado dia 17/10/2009 às 00h00 - Atualizado em 15/09/2014 às 18h53

Minha Rua, sua história

None
'Muitas pessoas, na correria do dia-a-dia, necessitam abrir uma conta no banco, fazer alguma inscrição e daí na hora H, exige um comprovante de residência para confirmação de endereço. Mas você já parou pra pensar o porquê de sua rua, avenida ou travessa ter o nome que tem? Quando andamos pelas vias de nossas cidades, muitas vezes nem nos damos conta do por que receberam tal nome. ',
,
,

Nomes de prefeitos, governadores, presidentes, são comuns. Ainda temos vias com nome de cidades, estados, países, animais ou números, mas comum mesmo é encontrar nome de pessoas. ',
,
,

Homenagens são feitas em sua maioria para pessoas falecidas e você já notou que a predominância das homenagens é para nomes masculinos? Nas grandes avenidas mesmo, são difíceis de serem encontrados nomes de mulheres. ',
,
,

Aqui em Penha e Piçarras não conheço nenhuma grande avenida que tenha o nome de uma mulher na placa. Isto demonstra o quanto as mulheres de uma forma ou de outra, foram e ainda são excluídas de nossa história. Livros sobre a nossa região são lançados quase que todos os anos contanto parte de nossa história e qual personagem feminina é colocada como destaque em nossa sociedade? ',
,
,

Há casos em que os nomes das ruas são colocados a pedido de parentes, mas mesmo assim, predomina o nome masculino na hora da escolha. Isto demonstra também, o quanto toda uma construção feita no passado de supervalorização do homem, ainda está presente na mentalidade de muitas pessoas. ',
,
,

Outra coisa, para uma rua ser nomeada em nossas cidades, há que se ter uma lei aprovada na Câmara de vereadores. Como nossos políticos na grande maioria são homens... aí mesmo é que as mulheres sobram. Nestes pequenos detalhes que se pode perceber o quanto as mulheres necessitam ainda de lutar para conquistar espaços que eram essencialmente masculinos.'