Postado dia 22/09/2014 às 10h37 - Atualizado em 22/09/2014 às 10h40

Suposta pesquisa aponta candidatos preferidos da região

► Faltam duas semanas para as eleições, e muita gente já palpita sobre “que bicho vai dar” aqui na região. Até “pesquisas” tem surgido nos comentários, com resultados divergentes variando conforme o gosto do freguês.

► Dentro do nosso humilde entendimento do cenário político da região, no entanto, numa delas encomendada por um candidato a deputado federal aqui na região de Penha, Piçarras e Navegantes, podemos considerar com alguma seriedade, embora deixemos bem claro que não colocamos a mão no fogo por pesquisa nenhuma!

► Essa pesquisa apresenta algumas variações do resultado das eleições passadas - motivo pelo qual ao contrário das demais a levo em consideração. Em comum, por exemplo, há a boa colocação de Décio Lima (PT) como o terceiro nome mais lembrado para deputado federal. Exatamente a mesma colocação que obteve na eleição passada em Penha. Ana Paula aparece em 7º para deputada estadual, e já que na eleição passada ficou em 6º, podemos considerar uma margem de erro aí.

► Surpresa é o bom índice de César Souza para federal (em primeiro). Os votos que outrora foram de Paulinho Bornhaunsen podem muito bem migrar para o apresentador. Marco Tebaldio, João Pizzolatti, João Paulo Kleinubing, Mauro Mariani e Altair Gregolim também aparecem na lista.

► Para estadual, a surpresa fica por conta de Mauricio Skudilark. Johnny Coelho vem em segundo, tecnicamente empatado com Leonel Pavan. Seguem Jean Kullmann, Cleyton, a já citada Ana Paula, Vanderlei e Carlos Chiodini.

► Para governador, logicamente Colombo na frente, com mais de 50% dos votos, seguido por Paulo Bauer e Cláudio Vignatti. A aliança de eleitores do PSD e PMDB promete ser poderosa nessa eleição, além das siglas nanicas aliadas.

► Para presidente, Marina Silva mostra que a questão religiosa é mais importante do que a política: ela está em primeiro, seguida por Dilma Roussef (PT) em segundo, e Aécio Neves lá em terceiro lugar! Está claro que nem todo o eleitorado do PSDB penhense está com o candidato oficial da coligação. Já Dilma está com porcentagem até melhor do que na eleição passada no município, o que comprova tendencia estadual (onde Dilma perdeu em 2010, mas pesquisas apontam que vai vencer este ano em Santa Catarina).

► A desistência de João Pizzolatti Júnior a sua candidatura caiu como uma bomba na região, principalmente em Balneário Piçarras. Há 20 anos o PP piçarrense está acostumado a fazer campanha para os Pizzolattis. O problema não é só escolher outro candidato, mais um candidato com possibilidades de vitória como os Pizzolattis tinham. Vale lembrar que a votação do PP para o congresso diminuiu cada vez mais desde que deixaram o governo do estado em 2002. Tem quem diga que com a saída de Pizzolatti, o partido só vai eleger o Amin...

► A “rádio-corredor” comentou que o prefeito Evandro tem motivos para cobrar empenho dos correligionários na campanha de Leonel Pavan e Marco Tebaldi. Ele poderia ganhar um cargo num dos gabinetes, a partir de 2017! Para garantir, nada melhor que uma boa votação em Penha, mostrando que tem peso político. Mesmo que o PSDB faça o sucessor em 2016, Evandro dificilmente se sujeitaria a ser subordinado depois da condição de prefeito, preferindo se alçar a política estadual no mandato de um dos deputados.