Postado dia 28/03/2016 às 13h46 - Atualizado em 29/03/2016 às 13h27

Educação ambiental marca o Dia Mundial da Água em Penha

Fonte: Assessoria de Imprensa

Por que a Terra é chamada de Planeta Água? Toda a água existente pode ser tomada? De onde vem a água que chega na torneira da sua casa? Quantos copos de água você toma por dia?

Foi com perguntas como estas que a engenheira e educadora ambiental Paula Tonon despertou a curiosidade de estudantes da Escola Básica João Batista da Cruz, na Praia de Armação, em Penha, para uma das temáticas ambientais mais importantes da atualidade. Uma programação especial preparada pela Águas de Penha marcou o Dia Mundial da Água - comemorado em 22 de março – com o objetivo de conscientizar crianças de 10 e 11 anos de idade sobre a importância deste recurso natural.

Música, jogos cooperativos e encenações ajudaram a transmitir as informações de forma lúdica e interativa. Um laboratório móvel da Águas de Penha foi levado pela laboratorista Raisa Pamplona para que os estudantes pudessem fazer o teste em sala de aula e entendessem, na prática, a diferença entre água tratada e não tratada.

As ações explicaram, por exemplo, a importância de economizar água nas atividades do dia a dia, como tomar banho ou escovar os dentes. Os próprios estudantes encenaram situações vivenciadas por eles em casa e na escola para que os colegas pudessem opinar se a atitude era ambientalmente correta ou errada. "Somente uma pequena parte da água existente no planeta pode ser tratada e consumida. Por isso, temos que usá-la com consciência e sem desperdício", ensinou a educadora.

Os estudantes também participaram do plantio de mudas na própria escola, de árvores nativas como figueira, araçá e pitangueira."A grande recompensa de um trabalho de educação ambiental como este é quando, no final, uma criança diz que aprendeu um pouquinho mais sobre a água. É sinal de que estamos conseguindo contribuir para a formação de uma sociedade mais atenta e consciente ao planeta", diz Paula Tonon.