Postado dia 08/09/2016 às 14h53 - Atualizado em 17/09/2016 às 15h10

Pescadores soltam baleia jubarte que estava enroscada em redes de pesca na laje da sonda em Penha

Fonte: rádio Aquarela FM

Uma baleia jubarte ficou enroscada em redes de pesca na manhã de ontem na praia de Armação, em Penha, num ponto conhecido como laje da sonda. Os bombeiros e a equipe da Univali chegaram a ser acionados, mas os próprios pescadores, usando barcos, conseguiram desprender a baleia depois de uma hora e meia de trabalho. As redes foram cortadas e ela pode voltar ao mar.

Segundo o professor Jeferson Luís Dick, gerente operacional do projeto de Monitoramento de Praias da Univali, a jubarte era uma adulta, de cerca de 10 a 12 metros de comprimento. Ela se enrolou na rede a cerca de três milhas (quase cinco quilômetros) da praia, já fora da enseada.

Quando Jeferson chegou por lá, por volta das 9h, a baleia estava indo embora. Na observação por binóculo, o professor informou que um pedaço de rede ainda estava pendurado no animal. No entanto, pelos movimentos, não parecia ser nada que atrapalhasse. Jeferson também não percebeu ferimento. Como a baleia estava mergulhando e voltando pra superfície, a suspeita era de que a baleia estava bem.

Um vídeo do resgate foi feito por Lessandro Emídio de Souza, dono de uma pousada em Armação. Ele estava num dos dois barcos com quatro pescadores que fizeram o resgate. De acordo com ele, quando o pessoal chegou perto, a baleia estava bem cansada e enroscada num monte de redes. Os pescadores tentaram desenrolar, mas o jeito mesmo foi cortar as redes.

Lessandro disse ainda que deu pra ver outras quatro baleias de menor porte por perto. Nessa época, a espécie faz a migração das regiões mais geladas da Antártida e sobe a costa rumo a águas mais quentes no litoral brasileiro para reprodução e alimentação dos filhotes. No caminho, as redes de espera que ficam no mar se tornam armadilhas para elas.