Postado dia 29/11/2017 às 22h51 - Atualizado em 30/11/2017 às 23h41

Começa reforma dos postos Salva-Vidas de Penha

Estruturas vão ganhar também serviços de água e energia elétrica
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Penha

Após anos de reivindicação, uma importante demanda dos guarda-vidas que atuam nas praias de Penha protegendo a vida de banhistas e praticantes de esportes náuticos, finalmente está sendo atendida. Começaram nesta quarta-feira, dia 29, as obras de reforma dos postos guarda-vidas que existem no município.

“Tanto os postos salva-vidas de alvenarias quanto os de madeiras serão reformados”, garante o secretário de serviços urbanos de Penha, João Batista Porto. “Onde tiver banheiro, ele será reativado, além de também ser instalado energia elétrica em cada posto, para os guarda-vidas poderem carregar a bateria de seus celulares e usarem o serviço de rádio quando necessário”, explica. Na Bacia da Vovó, onde não há sanitário, deverá ser colocado um banheiro químico para uso dos guarda-vidas que atuarem no local. Os postos-salva vidas que não tiverem “poste de bombeiro” também ganharão um, permitindo um rápido deslocamento do guarda-vidas até o chão para socorrer os banhistas.

Penha atualmente tem postos guarda-vidas nas praias da Bacia da Vovó, Quilombo, Armação, Praia Grande e Vermelha. O prefeito Aquiles da Costa adiantou que pretende, a partir do ano que vem, ampliar o número de postos guarda-vidas nas praias penhenses, utilizando da verba que será arrecadada com a vinda dos bombeiros militares para a cidade. “São recursos que antes iam somente para o governo do estado, mas agora poderemos investir diretamente na segurança da população”, comentou.

O governo municipal também pretende aumentar o apoio aos guarda-vidas locais, com distribuição de água e guarda-sóis. “Se Penha tem um número reduzido de fatalidades nas suas praias é graças a competência e a coragem de nossos guarda-vidas, que merecem todo apoio e estrutura que o poder público puder lhes conceder”, apontou Aquiles.