Postado dia 21/09/2017 às 19h01 - Atualizado em 26/09/2017 às 19h35

Prefeitura lança programa “Cidade Iluminada, Cidade Segura”

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Penha

Contribuir para a segurança dos cidadãos: esse é o principal objetivo do programa “Cidade Iluminada, Cidade Segura”, que está sendo oficialmente lançado pela Prefeitura Municipal de Penha.

“Desde o começo do ano já instalamos 200 luminárias novas, tanto para substituir as antigas quanto em lugares que ainda não havia iluminação pública”, explica o gestor de convênios da prefeitura, Edpo Cristiano Bento, responsável pelo departamento.

“A prefeitura trabalha em dois sentidos: ampliar e melhorar a iluminação”, complementa Edpo. Além de levar iluminação onde não havia, e substituir lâmpadas queimadas, o governo municipal também está trocando lâmpadas antigas de 80 watts por novas com potência de 150 ou 250, dependendo da região onde o poste está localizado.

“Dados estatísticos apontam que há menor incidência de crimes nas regiões com maior iluminação. Uma estrada melhor iluminada também contribui para a redução de acidentes de trânsito”, comentou o gestor de convênios.

Depois de levar iluminação à ruas como Eduarda Paulina da Costa, no Gravatá, Rua Sereia e Dr. Paulo Mayer em Armação, e ampliar e melhorar a iluminação de ruas como a Sérgio Joaquim Tavares, no centro, e a servidão Gertrudes da Costa, também em Armação, a prefeitura está dando um novo passo no programa divulgando um telefone para contato onde os moradores poderão reivindicar melhorias na iluminação pública de suas ruas. O número do telefone é 3264-6041, do departamento de iluminação pública.

“Através deste número, os moradores poderão nos comunicar se uma lâmpada queimou, ou se sua rua ainda não tem iluminação, ou também se acredita que ela precisa ser trocada porque a luz não é suficiente”, explicou Edpo. “É importante lembrar que temos uma grande demanda ainda a ser atendida em Penha, e que será feita sempre uma rua ou região por vez. Mas a nossa meta é atender a todas as solicitações’, finalizou.