Postado dia 25/11/2017 às 10h16 - Atualizado em 28/11/2017 às 19h05

Cinco estudantes de Penha se destacam na Olímpiada Brasileira de Matemática

No ano passado, apenas uma estudante da cidade havia recebido menção honrosa
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Penha

Penha melhorou seu desempenho na Olímpiada Brasileira de Matemática. No ano passado, apenas uma aluna das escolas de Penha recebera a menção honrosa. Este ano, foram cinco estudantes de Penha, vindos das redes municipal e estadual de ensino.

A escola João Batista Paiva, de Armação, foi a que mais se destacou, com dois alunos: Lucas Tasca e Carlos Eduardo Venzon.

A escola Antônio Rocha de Andrade, que no ano passado foi a única a ter uma aluna como destaque, esse ano também se destacou, agora com o estudante Cainã Wesley Gonçalves.

Os outros dois estudantes são Eduardo Leopoldo Belin, da escola Rubens João de Souza (centro); e Nathan Fagundes Machado, da escola João Antônio Pinto (Olaria).

A Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) realizada desde 1979, é uma competição dedicada aos alunos brasileiros ou de escolas e universidades brasileiras das redes pública e privada desde o 6º ano do ensino fundamental até estudantes universitários em nível de graduação.

A OBM é uma iniciativa conjunta do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI). Ela tem como objetivos melhorar o ensino de matemática, descobrir jovens com talento matemático e incentivá-los, e selecionar estudantes para participar de olimpíadas internacionais da disciplina.