Postado dia 11/10/2017 às 19h05 - Atualizado em 17/10/2017 às 19h15

Escola João Batista Paiva é a grande campeã dos JEP 2017

Grupo escolar de Armação venceu com antecipação a fase sub-15
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Penha

Mais uma vez, a escola estadual João Batista Paiva, de Armação, se destacou no esporte local, sendo a grande campeã da 22ª edição dos Jogos Escolares de Penha – JEP, a maior competição desportiva juvenil da cidade, reunindo todas as escolas, desde as municipais, estaduais até as particulares, promovida pela Prefeitura Municipal de Penha, através da Fundação Municipal de Esportes e da Secretaria de Educação e Cultura. Após serem campeões da fase sub-13, e vice-campeões do Sub-11, os alunos da Paiva conquistaram a supremacia também do sub-15, cujas competições se realizaram agora no mês de outubro.

Apesar da fase sub-15 só terminar na segunda-feira, quando se realizam os últimos jogos da competição de vôlei, esses resultados não tirariam o troféu de campeã geral da Paiva, que já somou 116 pontos na classificação geral. A segunda colocada, a escola municipal Rubens João de Souza marcou 62 pontos até agora.

Nesta fase, a Paiva só foi campeã no handebol feminino, tênis de mesa masculino e em ambos os naipes do xadrez, mas seu bom desempenho em todas as modalidades lhe garantiu uma ótima pontuação comparada aos outros adversários. A Paiva também está no páreo na disputa do vôlei masculino e feminino, e pode vir a ser campeã nessa modalidade.

No atletismo do sub-15, os destaques foram a escola João Batista da Cruz, do Mariscal, no masculino, e a escola João Antônio Pinto, na Olaria, no feminino. No futsal, as campeães foram a Rubens João de Souza, no masculino, e a escola estadual Manoel Henrique de Assis, ambas do centro. A Rubens também foi campeã no handebol masculino, enquanto no feminino venceu a já citada Paiva. Já a Manoel conseguiu seu segundo título no tênis de mesa feminino.

Os últimos jogos do vôlei masculino e feminino acontecem no Ginásio Municipal de Esportes Sebastião João de Souza, a partir das 8 horas da manhã. Logo após será feita a entrega da taça “Gentil Abílio Serpa Filho – Tilinho” para a campeã geral do Sub-15, a taça “Lafayete Schneider” para a vice-campeã e a taça “Viviane Leite”, para a terceira escola colocada. As taças receberam esses nomes para homenagear os fundadores da competição.

Questionado porque a Paiva costuma se destacar no esporte estudantil, sendo a grande campeã da história do JEP, o diretor da escola, o professor de educação física Osmauro Fassbinder, o popular “Zaca”, resumiu tudo numa única palavra: “organização”. “Todas as escolas de Penha tem potencial para disputar e vencer competições, basta ter organização”, apontou o diretor.

“Já começamos o ano lembrando das competições esportivas municipais e estaduais, e preparamos as equipes para cumprir este calendário”, explicou Zaca. Com o apoio dos professores de educação física da instituição, os estudantes fazem treinos fora do horário de aulas, das 17 às 19 horas durante a maior parte do ano, visando estarem prontas para as competições. Outro diferencial é que há continuidade do trabalho, com cada geração de atletas jogando juntas por alguns anos. “O esporte faz parte da cultura da Paiva, por isso valorizamos as competições esportivas”, concluiu o diretor.