Postado dia 30/03/2017 às 10h17 - Atualizado em 05/04/2017 às 09h59

Executivo e legislativo discutem medidas de contenção de despesas no município

Reunião aconteceu no gabinete do prefeito na última quarta-feira
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Penha

Economizar o suficiente para garantir pelo menos a pavimentação de uma rua em Penha. Essa foi a meta assumida pela gestão da Câmara Municipal de Vereadores, em reunião com o prefeito Aquiles da Costa onde avaliaram o desempenho das medidas de contenção de despesas decretadas pelo executivo em janeiro.

Participaram do encontro além do prefeito e a presidenta da câmara, vereadora Maria Juraci Alexandrino, a secretária de administração Suzana Perinotti de Borba, o responsável pela secretaria da fazenda, Leandro de Lima Borba, a diretora geral da Câmara de Vereadores Gláucia Costa dos Santos Francisco, e a contadora da Câmara Dayse Cristiane de Souza Germano.

“O legislativo está solidário com os esforços do governo municipal em sanear as contas do município”, garantiu a vereadora Professora Juraci. Ela revelou que neste primeiro trimestre a câmara já teria economizado pelo menos 58 mil reais em relação ao orçamento previsto. Como medida de economia, a mesa diretora da câmara também decidiu que os vereadores abririam mão da revisão salarial que foi dada aos funcionários do legislativo, com objetivo de corrigir as perdas inflacionárias do último ano.

O orçamento previsto para ser utilizado pela Câmara de Penha neste ano é de 2 milhões, 964 mil e 100 reais, no entanto, como nos anos anteriores, se espera que o legislativo penhense não utilize todos os recursos e devolva a economia aos cofres públicos municipais. O prefeito Aquiles se comprometeu com a presidenta Maria Juraci que o valor devolvido pela Câmara ao município irá reverter na pavimentação de uma das ruas do município que esperam por urbanização. Qual rua será dependerá dos valores repassados. “É um excelente desafio este que o prefeito nos deu, e tenho certeza que todos os vereadores estão dispostos a contribuir para que a câmara possa ser responsável por tornar realidade uma obra tão aguardada pelos moradores de alguma rua que ainda espera pavimentação”, apontou a vereadora.