Postado dia 09/06/2016 às 16h53 - Atualizado em 11/06/2016 às 16h55

Professora Juraci quer informações sobre obras autorizadas e não executadas na E.B.M Rubens João de Souza

Fonte: Assessoria de Imprensa

Uma obra que deveria estar quase concluída ainda nem começou. Passados mais de seis meses da assinatura da ordem de serviço, a construção da rampa de acesso ao segundo pavimento da Escola Básica Municipal Rubens João de Souza, no Centro de Penha, voltou a pauta de reivindicações da vereadora do PMDB Maria Juraci Alexandrino. Com mais de 600 estudantes, a E.B.M Rubens João de Souza é a maior unidade municipal de ensino e há muito tempo sofre com problemas na infraestrutura, que vêm sendo denunciados à vereadora por estudantes, pais e professores.

A vereadora defende desde 2013 a reconstrução e ampliação completa da unidade escolar e do ginásio de esportes ao lado, dentro das mais recentes exigências de acessibilidade. Após intensas exigências da comunidade e interdição da rampa de acesso ao pavimento superior pelo Corpo de Bombeiros dois anos atrás, a obra de reforma foi executada pela Prefeitura Municipal, porém na época não foi construída rampa, apenas uma escada para acesso ao pavimento superior. A alegação oficial, segundo a vereadora Professora Juraci, era que a rampa seria executada em etapa posterior. Na E.B.M Rubens João de Souza há dois alunos com necessidades especiais, sendo que um deles é cadeirante e a vereadora afirma a ausência de rampa de acesso não permite que os estudantes possam ter o direito a acessibilidade. "Essas crianças só podem frequentar uma parte da escola, a outra é inviável pois o acesso só se faz por escada", afirmou.

Em outubro do ano passado foi lançado o edital para as obras na E.B.M Rubens João de Souza, com a proposta de 800 m² de área ampliada. A empresa vencedora do certame foi a Natasha Mantau - EPP, que tinha o prazo de 8 meses para a conclusão das obras, no valor de R$ 967.247,75. A assinatura da ordem de serviço (número 10/2015) foi efetivada em 3 de novembro do ano passado, mas até agora, não houve execução dos serviços. A vereadora questionou, através de requerimento aprovado na Câmara de Vereadores de Penha, por que a obra ainda não foi iniciada, sendo que houve na época a apresentação da planta da obra e da ordem de serviço pelo executivo, em reunião realizada entre o Prefeito Municipal, Secretário de Educação, professores, pais e alunos da E.B.M Rubens João de Souza.

A vereadora Professora Juraci afirma que "a acessibilidade tem como regra básica a inclusão, a igualdade e o respeito as diferenças" e, por isso, quer saber quando será dado início a obra da rampa de acesso. A vereadora acrescenta que os sérios problemas estruturais que a escola enfrenta representam risco aos estudantes e funcionários e, por isso, desde 2013 vem cobrando, através de requerimentos à Câmara de Vereadores, as reconstruções e ampliações em todas as alas da escola, assim como no ginásio de esportes localizado ao lado.