Postado dia 14/06/2017 às 10h50 - Atualizado em 17/06/2017 às 12h43

Homem é assassinado tentando proteger o filho no Gravatá

Criminosos tentaram matar jovem cobrando uma dívida, mas pai do rapaz morreu na briga

Um assassinato comoveu os moradores do Gravatá, em Penha, ontem, na tarde de terça-feira, dia 13. Dois homens mataram o senhor Ari Areni Chagas, de 54 anos, quando este se envolveu na briga do filho com dois homens que tentavam mata-lo.

O crime acontece por volta das 15h30. A dupla de assassinos chegou na casa da família, que fica na rua Inácio Francisco de Souza, próximo a Lanchonete Malibu, para cobrar uma dívida de 500 reais do filho de Ari. Os três começaram a discutir, e então os dois homens sacaram revolveres e dispararam contra o jovem pelo menos três vezes, errando todos os disparos.

Foi quando o pai ouviu a confusão, pegou um pedaço de pau e foi tentar defende-lo. Acabou alvejado por um dos bandidos, que acertou um tiro na sua axila, matando Ari na hora. Enquanto desviava dos tiros, o filho de Ari também quebrou o braço.

Os criminosos fugiram do local, mas foram localizados pela polícia através das câmeras de monitoramento. Eles foram rendidos na rua Nilo Anastácio Vieira, já no centro da cidade, quando tentavam sair da cidade num strada de cor vermelha. Foram identificados como M.S. de 22 anos, e e R.R.S. de 28. A arma usada no crime foi dispensada em uma rua do bairro Mariscal, perto da rodovia Transbeto. A PM foi até o local e encontrou o revólver. Os irmãos foram presos em flagrante e levados pra delegacia de Piçarras.